Dica de Cinema – Obrigado por Fumar

Quando você apresenta o seu produto ou serviço à alguém, tem total convicção de que está passando a mensagem que queria com clareza e que está despertando o interesse alheio?

Sua resposta sendo positiva ou negativa, a dica de cinema a seguir é para você!
Estamos falando do filme “Obrigado Por Fumar” (“Thank You for Smoking” no original) de 2006, uma comédia estadunidense dirigida por Jason Reitman e baseada em um romance homônimo de Christopher Buckley.

A história nos traz o protagonista Nick Naylor (Aaron Eckhart), que ganha a vida como lobista, um profissional da fala que tenta influenciar legisladores e oficiais públicos a atuar ou a votar em favor de interesses específicos de determinadas indústrias ou empresas.

No caso como o próprio titulo sugere, Nick Naylor defende a indústria do cigarro, tendo que debater e defender o produto diante de políticos ou até mesmo em programas de televisão em uma época onde agentes de saúde e a mídia começavam a alertar constantemente sobre os riscos que o tabagismo traz a saúde. Mas como o personagem mesmo diz, ele é muito bom no que faz, tanto que mesmo se mostrando uma pessoa sem escrúpulos na maior parte do tempo, ele acaba nos convencendo que de fato ele está do lado correto, sempre.

UMA OBRA QUE DÁ AULA
O longa coleciona curiosidades e detalhes intrigantes, mas o que mais nos prende é o fato da história ser apresentada pelo próprio protagonista que constantemente quebra a quarta parede e fala diretamente com quem o assiste, explicando detalhes de sua profissão e dando dicas de argumentações e contra-argumentações. Ao mesmo tempo que ele nos dá uma aula sobre como conseguir influenciar as pessoas, ele também ensina ao filho Joey (Cameron Bright) a se portar em determinadas discussões.

Embora a história seja fictícia, “Obrigado Por Fumar” se mostra um titulo muito importante pra todo profissional que oferece um produto ou serviço, pois se Nick Naylor consegue despertar o interesse das pessoas ao tabagismo que é totalmente prejudicial, você consegue despertar o interesse das pessoas sobre qualquer outra coisa.

O filme é uma crítica a toda indústria tabagista e até a própria indústria cinematográfica, recheado de aprendizados e de humor ácido e detalhes curiosos, como o fato de ninguém aparecer fumando em todo o longa.

Não perca tempo e procure assistir a esta obra. Garantimos que irá valer a pena!

Escrito por: Amauri Dantas